sábado, 12 de agosto de 2017

Bora Curtir o nosso trabalho de TCC..

 Bora curtir o nosso Trabalho de TCC, de TG, o futuro..



segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

FORA RENAN!!

 Bom pessoal, vim aqui a este blog para despejar todo o meu ódio e revolta contra uma das figuras mais DESPREZÍVEIS da república, representante de tudo o que há de PIOR nesse país, e, por isso, passo a mensagem:



  Fora
Renan!! Rei do acordão, corrupto inveterado com 12 processos nas costas, traíra
de Collor e moralista de araque, você representa tudo o que há de pior neste
país!! Merecemos um Brasil novo, melhor e mais justo, e você não nos
representa, get out!












 Bom essa é a mensagem que eu queria lhes passar, e não se esqueçam de assinar o abaixo-assinado, para o bem do Brasil!         THE_BOSS.










segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Considerações sobre a vitória (ou não?!) de Trump!!

  Ultimamente, muito tem-se falado a respeito da vitória, ou não, de Trump, no entanto, algumas considerações precisam ser feitas, a respeito da eleição dele, ou não, neste derradeirodia 8 de novembro.

 - O colunista conservador João Pereira Coutinho, da Folha de São Paulo, diz que a eleição de Hillary seria um "mal menor", frente o "desastre", que seria a vitória de Trump[1]. Realmente, o Partido Republicano revela-se como uma verdadeira "ameba", um conclave de velhos jurássicos. Segundo a lógica tacanha deste colunista, Trump NÃO REPRESENTA o movimento conservador, algo um tanto quanto RIDÍCULO! O colunista ignora que existem diversas correntes e setores variados da política americana, e de correntes distintas, que compõem o Partido Republicano, como as frentes liberal, libertária, estado mínimo, federalistas, militares, setores de óleo e gás, dentre outros, mas, para esta gente tacanha, só existe "a casinha" deles, e o Partido Republicano deveria funcionar em torno disso. Deveriam somar os votos dos expatriados cubanos e latinos que ingressaram pelos meios legais, afro-descendentes que subiram na vida pelo próprio esforço, empresários e empreendedores de boa estirpe, cheio de sonhos e aspirações, e que, lutam a todo custo para extirpar o pesadelo que é viver sob as botas dos governos "progressistas", intelectuais defensores dos ideais dos "founding fathers" e do estado mínimo, e, por que não, buscar apoio até mesmo dentre a classe artística dos circuitos indy, mas não, preferem caçar os votos dos racistas, "gerentões" dos Estados e da mesma ralé que acha que o mundo tem a mesma idade que a avozinha deles. Depois reclamam da surra eleitoral de Mcain, do desempenho patético do "queridinho" Mitt Romney, seja como primarista, seja como presidenciável de fato, do "fenômeno" Trump, que, a despeito de todos, esta prestes a atropelá-los, sem saber qual foi o caminhão que os atingiu, bem como, do porque de, nas próximas décadas, a América Latina esteja prestes a ganhar mais um país!

 - Quer dizer que uma vitória de Hillary seria um "mal menor"? Tomara! Quem sabe assim ela ganha maioria no senado também, e lhes enfia, goela abaixo, um monte de juízes porra-lokas, para a Suprema Corte Americana? Assim, quem sabe, esses senhores não sejam infurnados na prisão, levando suas ideias jurássicas junto com eles?

 - Muito se fala sobre o movimento progressista, mas se esquecem do principal! A luta não é contra gays e minorias, nem o direito de praticar atos a eles inerentes, mas, combater a MALDITA militância partidária do Partido Democrata, que transforma estes movimentos em bucha de canhão de seus interesses inconfessáveis. O problema, não é um gay fazer sexo com outro, o mesmo vale para as lesbo, mas, o uso da militância por estes, que os transforma em massa de manobra destes movimentos criminosos, em prol de conferir-lhes mais privilégios, mais poder, além, é claro, do uso dos mecanismos democráticos para se destruir a democracia e a PRÓPRIA sociedade, como aconteceu na Venezuela. Levantar "bandeiras" ridículas como a "cura gay", a defesa "científica" do casamento hétero, o radicalismo religioso, o "nós e eles", e o "monopólio da virtude", nada mais é do que combater o inimigo com as mesmas armas, se rebaixar ao nível dele, e, em termos políticos, trocar SEIS por MEIA-DÚZIA, e é disso que a maioria da população está cansada, chega! O fenômeno Trump está aí para mostrar que a política não é uma ciência perfeita; o próprio Ronald Reagan já sofreu forte rejeição do stablishment partidário, dado o seu histórico de ator de comédia e filme B, mas é um dos presidentes mais consagrados da história americana. Trump pode entregar-lhes a vitória, e isso é o resultado melhor que vocês podem obter, ademais todos e quaisquer candidatos-fantoches que venham a lançar nas próximas décadas; é uma chance ÚNICA, não a joguem fora! Um dos grandes problemas a serem encarados com relação a política, deve-se a mais terrível idealização que fazemos dela, o que leva a graves distorções, enfim, uma idealização muito tacanha que fazemos em torno dela, mas isso fica para o próximo post.

 - Trump é radical? E Hillary, é uma santa? E o seu histórico de militante ultra-radical de esquerda, que tinha como gurus e teóricos, o socialista Saul Alinski, recebe, pela fundação Clinton, dinheiro de ditadores, governos corruptos, e até, inimigos de Estado, em troca de favores a mesma, a militância ultra-radical junto a movimentos LGBT e anti-mercado (excluindo-se os "queridinhos" de Wall Street, por óbvio!), a possibilidade de indicar até TRÊS novos juízes para a Suprema Corte Americana, que ameaçam demolir todos os pilares dos princípios que ajudaram a criar este grande e importante país, e abrir as portas do inferno demagogo-populista, dilapidando os fundamentos da economia americana, criar um capitalismo de compadres que ameaça destruir o futuro de milhões de americanos que trabalham e dão duro, na esperança de um futuro melhor, além da conversão de militantes partidários em órgãos para-estatais, que deteriam poderes para além dos representantes obtidos pelo voto direto, e criariam uma nova e tenebrosa sociedade, baseada em privilégios, extorsão, e enfraquecimento do Poder Judiciário, os quais aturariam somente como um poder moderador, e contra os inimigos do status quo; este é o INFERNO em que tornou-se a Rússia atual e países socialistas, este é o INFERNO em que está prestes a se transformar os EUA! Hillary não é NADA moderada, e em vários aspectos é MUITO pior, então, que custa um voto útil, em favor de Trump, neste dia 8 de novembro? E então, vocês que se entendam no dia 15 de janeiro, ele não pode fazer tudo o que diz, assim como, vocês não podem fazer tudo o que querem, fazer o quê? Nem Pútin pode tudo! Política é assim, e vocês vão ter que aceitar, a não ser que queiram procurar por um novo país!


 Bom, estas foram as minhas considerações a respeito da vitória (ou não?!), de Donald Trump!

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Geração mimimi: O retrato cretino de uma juventude pós-revolucionária mostra o quão desprezível é a sociedade que a escumalha progressista ajudou a criar...

 Pois é pessoal! Vivemos literalmente a geração #Mimimi, uma geração formada por um bando de playboizinhos rocambolescos e retardados que se sentem oprimidos por coisas absolutamente ridículas, como lavar o banheiro, arrumar o quarto, ser um trintão geekiano que só sabe encher o saco dos pais, trabalhar (com milhões pobres desesperados implorando por um ofício que esses senhores tanto desdenham!), tomar esporro dos pais quando estupram a fatura do cartão de crédito, bancam os "felósofos" escumalhados por aqueles que trabalham e pagam impostos, quando apregoam idéias bestas e não tem ninguém que os salve do ridículo! Bom, essa é a geração #Mimimi, uma geração que lhes será apresentada por uma senhorita cretina que lhes será apresentada a seguir:

 Tirada de um texto do site O Implicante, vale conferir o tom risível do desabafo para não perder o tom da risada...



 O que quero aqui é refletir um bocado sobre essa pressão absurda que a sociedade nos impõe de sermos financeiramente bem sucedidos antes dos 30 anos.”

 Atitude típica de patricinha mimada vinculada ao movimento feminista. Poderia se filiar ao PC do B e lá vomitar, remuneradamente, os seus impropérios. O que chama a atenção nessa parte é, sem dúvida, o fato desta senhorita misturar alhos com bugalhos! Ninguém na sociedade quer que a senhorita seja uma pessoa DE SUCESSO, aliás, o que é preciso é que pessoas como a senhora detenham apenas os recursos [próprios] necessários para a sua subsistência (poderia trabalhar na empresa do papai, como muitos filhos o fazem...). Agora, com relação a estes vigaristas "gurus dos negócios", tão pernósticos quanto os neopentecostais, são pessoas tão desprezíveis quanto qualquer outra pessoa que prometa atalhos convenientes para pessoas sem-noção, mesmo que sejam "cultas" e gostem de posar de "inteligentinhas". Para desmascarar boa parte das baboseiras destes messias do mundo corporativo, leia o livro "A Intrigante Ciência das Idéias que dão certo", de Clemente Nóbrega, especialmente em seu Capítulo 1.



É óbvio que eu gostaria de já estar totalmente resolvida aos meus 26 anos, não precisar da ajuda de mais ninguém pra absolutamente nada, sair do país duas vezes por ano e tudo mais. No entanto, essa não é a minha realidade – nem a de ninguém que eu conheça”.

 É óbvio que até eu gostaria de estar nesta realidade aos 40 anos, todos nós e 2/3 da humanidade gostaríamos! Que bom que a senhorita pode sair do país (Comunistinha e tirou visto para os EUA? Que Inveja!!). Mas na verdade, somos um país quebrado e estamos em crise, e, se mesmo com padrinhos ricos a senhorita não resolve a sua vida, imagine isso para milhões de relhes mortais?! Chega a ser ridículo esta senhorita ter tanto, pois se banca pelos pais e vive de brisa, e ter tanto o que reclamar... É este tipo de gente que tem tudo e nada ao mesmo tempo, gente para qual não caiu a ficha, para o fato de que não terão pai e mãe para a vida toda, e, mesmo assim, recebem o receio e preocupação dos pais, e mesmo assim ainda desdenham!! Bom, pior seriam se nascessem de mãe solteira, com uma penca de filhos, pais sabe-se lá aonde (e quem??), sem dinheiro nem para a janta e umbilicalmente ligada a marginalidade, com parentes marginais, por que não?!

 PS: O submundos dos países de Welfare State, não obstante a gigantesca máquina de promoção de assistencialismo e compra de consciência de pessoas que faria o bolsa-família parecer troco-de-feira, é um dos maiores e mais ativos do mundo, junto com o submundo dos Estados "progressistas" norte-americanos, bem mais densos que os de seus congêneres "liberais". Pois, como a vida mostra, cabeça vazia (e paga!) é oficina do diabo, e as principais razões que toram este mundo um inferno, são justamente aquelas que tentam torná-lo um paraíso!!


E se for mulher, dieta nela. Porque não pode engordar de tanto estresse, né mores, senão não ~arruma um homem~. Porque, né, no meio disso tudo, cê não pode apenas optar em não namorar ninguém, vai ficar pra titia”.

 Ou seja, pelo visto ela não vai parar enquanto não for vencida pelo ridículo!! O que você pesa ou deixa de pesar NÃO É da nossa conta. Antes de falar besteiras, essa senhorita deveria saber que o sistema escravagista de campo de concentração que institui um modelo de "magérrima a qualquer custo!" é uma invenção EUROPÉIA, institucionalizadas por estilistas gays e misóginos que não admitiam usar como modelos pessoas cuja beleza e aparência falassem mais alto do que a de seus modelitos (algum louco já vestiu alguma joça que é produzida naqueles desfiles?), e que o sistema de moda plus-size nasceu de uma OPOSIÇÃO a este modelo fascista de moda nos EUA, onde boa parte da população é OBESA!! O ideal de beleza do mundo todo, desde a pré-história, é o da mulher "cheinha" e graciosa (quem leu livros dos séculos XVII à XIX sabe do que eu estou falando), e boa parte desta cultura de mulheres magérrimas se deve a indústria de emagrecedores, academias, produtos para musculação, roupas de praia, salões de beleza, etc... do qual a senhora não abre mão (e cuidar da beleza é sempre bom). Quanto à última questão, é sério mesmo que numa sociedade tão hedonista e curto-prazista como a nossa, a principal prioridade de uma mulher é casar, justo nos bairros mais nobres? Ande um pouco pela vizinhança e o que a senhorita verá é nada mais que: socialites cinquentonas com vários maridos e pensões nas costas, eternas "adultescentes" sem noção, muitas em idade geriátrica que usam modelitos constrangedores e são a vergonha até mesmo dos mais "progressistas", os "casinhos" e idas-e-vindas que não acabam mais, bem como aqueles "virjões" ou "tiozões" que nunca levaram nada a sério na vida, e suas "novinhas". Aprenda a ver o mundo como ele realmente é. Saia da bolha!!!

 Bom, é aprazível que uma blogueira como Camila Lopes desmascare boa parte das baboseiras destes playboizinhos revolucionários de sofá, futuros filósofos do deus-me-livre!! De fato, essa geração maldita dos anos 60 produziu o opróbrio da desgraça e da destruição do nosso modelo presente, e, ao que tudo indica, nada irá mudar enquanto um bando de idiotas sem noção utilizar uma autocrítica retardada do mundo em que vivem, produzindo as sementes do mesmo mal que irá solapá-la!! Antes de estudar os motivos que levaram ao desaparecimento da primeira Civilização Maia, saiba que existe uma outra bem aqui e que, não obstante a sua pouca idade, já se encontra com os dias contados!!



quarta-feira, 31 de agosto de 2016

VERGONHA...

 Senado fisológico e FDP, defende os direitos de uma presidente demagoga e FDP,e tudo isso,graças a um LIXO de senadores que dependem dos grotões e do fisiologismo descarado para sobreviver...

  VERGONHA!!


Finalmente,tchau maldita! Fora Dilma,viva Bibi Temer...

 Cheg,UF,ainda bem,passou... Por 61X20 este encosto foi escurraçado da Presidência,e,agora,só falta votar a inelegibilidade,outro absurdo tolerado por Lewandowski em desacordo frontal a Constituição...



 Fora Dilma,fora encosto! Viva Bibi Temer...




Por uma mulher de verdade neste país! 

Tchau queridaa...

sexta-feira, 27 de maio de 2016

FE_SONHADOR

 Boa tarde, essa é a página do FE_SONHADOR, um homem que sonha com o empreendedorismo, o deia o comodismo e a resiliência, e deseja concentrar todos os seus esforços na construção de um mundo melhor.

   "Quem acredita sempre alçança [Renato Russo]"